17 de dez de 2013

Adeus ano velho,feliz ano novo



Vai chegando  o fim do ano e a maior parte das pessoas entram em um clima de renovação, fazem planos, onde no próximo ano tudo será diferente,mudará para melhor.

Muitos não percebem que essa mudança não é de  fora para dentro,mas sim de dentro para fora,e pode ser a qualquer período do ano.
Lógico, que esse clima de festa,nascimento,fechamento de um ciclo, nos estimula a mudar,porem temos que ter foco, para essa mudança acontecer de verdade e não nos tornarmos parte da piada que roda pela Internet “Realizar em 2014, os planos que fiz em 2013 e deveriam ser realizados em 2008.”

É um bom momento para nos aproximarmos de quem estamos nos afastando, mas assim como os planos, essa aproximação tem que perdurar durante o ano todo.

Não vejo problemas em deixarem as crianças acreditarem no Papai Noel, quando elas crescerem vão saber que os pais compraram tudo, a fantasia também faz parte.

Desejo a todos vocês que esse ano  que esta chegando seja repleto de paz, saúde, prosperidade, que a tristeza não entre no coração de vocês, a vida as vezes nos da uma rasteira, mas cabe a nós levantarmos e seguir o caminho,vida que segue.

Um Feliz Natal e um próspero Ano 2014 a todos!!!


3 de dez de 2013

Me realizando no imaginário



Esses dias estava lembrando de alguns filmes que amo e percebi que sempre me realizo vendo os filmes, por exemplo,eu amo dançar,mas sou péssima dançando,então quando assisto um filme de dança,me realizo, é como se eu me visse na personagem principal e já me sinto bem,principalmente quando  a personagem é desajeitada ,não leva o menor jeito pra coisa e arrasa no final.
Outro tipo de filme que me realizo é os de música,mas esses são com menos intensidade,acho que ver uma cantora conquistando seu espaço em uma história me empolga mais pela determinação mesmo.
Agora,por ultimo e não menos importante, me realizo demais em filmes de luta,por que eu já tentei fazer karatê e desisti e me animei a entrar na aula de taekwondo, mas fiquei com medo de quebrarem meu nariz e também desisti.

Acho que se realizar em uma ilusão é gostoso, quando somos coerentes, nem tudo da para ficar me realizando vendo filmes. Temos que lutar pelo o que queremos de verdade, me realizar em filmes só mostra que eu até gostaria de ser como no filme,mas não tanto para ir e fazer igual.

Uma lista dos meus filmes favoritos e que me realizam:


 





































O ultimo , para quem não conhece vale a pena ver,senti raiva no inicio que me realizei durante a história.

Até logo!^^
Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.