Vida de moleque

Dia das crianças e comecei a lembrar da minha infância,que não foi perfeita, mas foi muito boa. Mas depois comecei a comparar a minha infância com a infância de hoje.

Tem um tempinho que não sou criança, e a mudança na educação dos pais e no comportamento das crianças comparado ao meu tempo é bem diferente.Lógico que algumas mantem os antigos ensinamentos,porem muitos mudaram,alguns para melhor e outros para pior.

Vejo mães que não podem ver nada de diferente que já vão comprando para o filho,as vezes o filho não tem nem idade para pedir e já estão crescendo sem  ter chance de sonhar com algo.

Vejo outras mães que se aprofundam em livros para melhor educar seus filhos e melhor estimula-los.

Quem esta certo e quem esta errado? Não sei, não é justo eu julgar.


Fico pensando como serão meus filhos, de acabar cometendo os mesmos erros que vejo por ai ou perceber que não importe o quanto eu me dedique meu filho não terá jeito.

No meu tempo(essa frase é um sinal de envelhecimento) as coisas eram mais rigidas, as vezes até demais,entretanto foi bom, sei que isso me ajudou a lidar com coisas difíceis da minha vida.

Sou da época que via Ratibum e estimulada pela Bia Bedran pegava um sapato e fingia que era um carro, por que na época não tinha como os pais comprarem um carrinho de brinquedo. Parece historia triste ,mas não é, pois eu olho para trás e lembro com tanta saudade de uma fase que era tão simples ser satisfeita.

As crianças de hoje tem coisas que muitos de nós não tivemos e isso pode ser bom ou ruim,conforme é aproveitado.

Mas o melhor é ver crianças sendo crianças e que certas coisas não mudam.Crianças são sempre simples.

Feliz Dia das Crianças!

Até logo!^^