25 de set de 2013

Um conselho de Dalai Lama



Hoje o post é um conselho de Dalai Lama,  vi esse post no blog Potencial Gestante e achei tão rica a mensagem que achei justo compartilhar aqui. 


17 de set de 2013

Nuvem de lagrimas



De onde vem as lágrimas? Não digo as lágrimas em si, mas esse impulso de chorar.



Eu não tinha esse habito de chorar, me emocionar com algo, até o inicio da vida adulta eu não era de chorar , só de raiva, tinha esse habito que minha mãe diz que herdei da minha avó paterna, com raiva eu chorava, mas com coisas bonitas, homenagens, não vinha.



Em uma homenagem surpresa ao dia das mães , quando já era adolescente, vi muita mãe chorando e pessoas que viam as mães chorando acabavam chorando também. Comecei a achar que eu era ogra, pois , via todo mundo se emocionando fácil ,mas eu não.



Mas com o tempo aprendi que as experiências da vida é que formam as lágrimas, há pessoas naturalmente sensíveis e pessoas que a vida sensibiliza, sou o segundo caso.



Com paixões não resolvidas, sofrimentos na família, o amor que encontrei, pessoas importantes que conheci, hoje o choro vem fácil, não posso ver uma homenagem simples a uma esposa na TV e to eu chorando. Ainda me acho ogra, tenho vergonha de chorar na frente dos outros.



Não que quem não chore fácil, seja insensível, ela ate entende a emoção, mas não atinge tanto,pelo menos comigo era assim.



Chorar limpa a alma, parece que naquelas lagrimas, você joga para fora coisas que estavam fazendo mal e entende as que fazem bem.



Ate logo!!!^^

12 de set de 2013

Ditadura do peso



Na minha adolescência estava no auge da ditadura da magreza.Eram inúmeras as matérias sobre anorexia, bulimia e outros distúrbios.

Aos 14 anos eu vivi isso, meu irmão me chamava de cara de bolacha, eu nem era gordinha, mas, era bochechuda.Ele não fazia de maldade, sendo que acabei entrando na onda da ditadura da magreza. Fiz varias dietas loucas , uma delas era a da USP, emagrecia 1kg por dia, realmente emagreci esse quilo, mas logo no outro dia quase desmaiei , minha mãe proibiu essa dieta. Mas não desisti, no final segui com a dieta da proteína, emagreci 8kg e ganhei um problema gástrico punk e uma anemia.

Sendo que o mais incrível aconteceu depois, mesmo magra eu não me achava bonita ou seja não era o corpo que tinha problema, mas sim a minha mente.

Então aprendi a me cuidar e ganhei minha saúde de volta.E hoje o meu irmão  que me chamava de cara de bolacha quase bate em quem me chama de gorda, pois ele tem medo que eu volte ao que ele chama de semi-anorexia(pois as vezes eu admitia que estava exagerando.)

Vejo hoje que não há uma definição apenas para um lado, hoje há ainda forte a ditadura da magreza, mas também há pessoas famosas que querem emagrecer ,pela saúde as vezes, e são rechaçadas, acusadas de traírem a causa.Como assim?Antes você era obrigado a ser magro ao extremo, agora você é obrigado a ser gordo?

Acho que o esta faltando por ai é bom senso, hoje me preocupo é com minha saúde, malho sim,mas não é igual antes, hoje é para ter fôlego, para não ficar morrendo quando subir uma escada, na verdade se emagreço demais já procuro engordar um pouco, pois já aceito que meu tipo físico não é magrelo, se eu ficar magrela só se vê osso, é horrível.

Se sentir bem com o corpo é o mais importante, independente de ser magro ou gordo.Se a pessoa é feliz magra, deixa ela , se a pessoa é feliz gordinha, não vá condená-la, cada um sabe de si, o importante é estar saudável e principalmente se sentir bem em um todo.Corpo são e mente sã.

Até logo!^^

5 de set de 2013

Momento de sabedoria



“O inteligente se irrita com a burrice , o sábio se diverte.”

Li essa frase e fiquei refletindo sobre isso. Antes eu achava o máximo as pessoas  inteligentes,agora fico pensando como chego a sabedoria?O que é  a pessoa sábia?

Imagino que seja uma pessoa livre de preconceitos, que veja uma situação que muitos, por ter um conhecimento sobre o assunto, agiriam com irritação ou ironia maldosa, mas o sábio não , o sábio se diverte, talvez por saber que há coisas que ela também não conheça e se veja no mesmo lugar, afinal ninguém sabe tudo.

Eu gostaria de ser sábia, ver além da aparência , ver além do status social, ver além do que acredito, ver o outro e as outras coisas com a mente aberta, pois acredito que com a mente aberta damos oportunidade ao novo.

Todos nós somos preconceituosos e deveríamos exercitar nos livrar disso que nos prende e nos limita tanto.

Ter sempre o espírito de iniciantes, afinal nascemos sem saber e morreremos aprendendo.

Até logo!^^

3 de set de 2013

Bienal do Livro + Tag Alfabeto Literário



Após uma indecisão danada resolvi ir na Bienal do Livro que teve aqui no Rio.Infelizmente, não me planejei direito e acabei saindo muito tarde de casa, ou seja, não consegui ver os autores que queria.



Cheguei bem depois da hora programada para o Nicholas Sparks , que era o que eu mais queria ver,ele estava programado para 12h e cheguei lá quase as 15h, ainda dei uma passadinha no auditório que ele estaria e fiquei boba.Tinha varias adolescentes, loucas para conseguirem um autografo dele, tinha gente saindo chorando, uma comoção danada. Fiquei sabendo que a fila deu voltas e mais voltas, ouvi uma menina que chegou la as 11 horas e não conseguiu senha para entrar no auditório.
 De acordo com a organização, às 9h já havia mais de 1.000 pessoas a espera para conseguir 300 senhas que seriam distribuídas para a palestra do autor (fonte:Uol)

Para ver Emily Giffin foi parecido, cheguei próximo ao horário dela, tinha uma fila enorme, então desisti.

Mas, tive o prazer de conhecer a Carina Rissi, no estande do Submarino , estava rolando uma entrevista super bacana, ela falou sobre o filme que será baseado no seu livro “Perdida” ,onde ela disse que por ela sua personagem Sofia seria representado pela Marjorie Estiano  e falou também sobre seu livro “Procura-se um marido”. Fiquei curiosa com os dois.

Curti muito a experiência, não tenho do que reclamar da Bienal, só fiquei com pena mesmo de eu não ter me organizado.La comprei o Guinness Book 2013 que traz em suas páginas uma inédita experiência 3D com realidade aumentada, basta ter um aparelho que tenha leitor de código QR.

E agora respondendo a Tag que a  Ela Oliveira do Blog Paginas em preto  me indicou

Tag Alfabeto Literário


As regras da TAG são:
"Você deve escolher cinco letras aleatórias e mandar uma sequência diferente para cada blog que você indicar, o blog que receber a TAG deve escolher cinco livros que comecem com as letras que foram indicadas (os artigos não contam! Então se o nome do livro for "O trio" a letra considerada será T), o número de blogs indicados depende de cada um, na ausência da letra indicada o espaço fica em aberto, mas na ausência de todas elas, o blog pode fazer sua própria lista."

A TAG não deixou claro quais livros escolher e o que escrever sobre eles, seguindo modelo de as pessoas estão selecionando só os livros e colocando uma mini sinopse.
Também não delimitou quantos blogs podem ser indicados.

A Ela escolheu as seguintes letras para mim:
B-D-T-E-J

Bolsa amarela 

A Bolsa Amarela já se tornou um 'clássico' da literatura infantojuvenil. É o romance de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela)- a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação- po si mesma uma contestação à estrutura familiar tradicional em cujo meio 'criança não tem vontade'- essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias.
Obs.: Foi um dos primeiros livros que me identifiquei com a personagem.^^

Diario de uma Paixão

"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." Noah Calhoun Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida... O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto que raramente é encontrado na literatura atual, O Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém. Com mais de 12 milhões de cópias vendidas, o livro que emocionou as pessoas ao redor do mundo, foi traduzido para mais de 20 línguas.

Faltou a Maioria , as letras T-E –J

Os Blogs indicados são:

Jornalismo na Alma (http://palomaviricio.blogspot.com.br/): (B – C – R)
Pocket Libro (http://pocketlibro.blogspot.com.br/): (D- S- A)

Ufa ! Post longo. ^^

Até logo!
Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.