1 de mar de 2013

Fazer o que amamos



Hoje estava lembrando do filme O Palhaço e do trecho que foi repetido umas 3 vezes.

“O gato bebe leite, o rato come queijo, e eu...”

O que nascemos para fazer?

E o mais legal é que enquanto eu estava em reflexão sobre o filme, vi um post muito legal do Blog - Não usamos apenas rosa que falava sobre o fazer o que amamos.

Na maior parte do tempo, temos  que fazer o que paga nossas contas.Nem sempre amamos, temos nossos limites, mas acabamos fazendo algo que não gostamos de todo.

Eu por exemplo trabalho com contabilidade, amo meus colegas de trabalho e as pérolas que saem principalmente na hora do lanche,rs . Mas apesar de amar o meu oficio e meus colegas, ainda não faço o que amo, pois ainda não faço do jeito que eu queria fazer, saca?

A maior parte das pessoas devem viver isso, e devem estar lutando para sair disso ou conformados achando que não tem outro jeito.Olha que nem estamos falando de remuneração,igual ouvi uma conhecida falar “Os ricos ficam ricos e os pobres mais pobres.”Será?O que vejo é muito rico perdendo tudo e muito pobre mudando radicalmente por causa de um simples detalhe ATITUDE.

Quando se trata de mudança temos que fazer essa mudança acontecer, nos organizar, focar, trabalhar duro.Não é fácil.

Como no filme,algumas pessoas já até fazem o que amam, mas não percebem que é isso, de repente por fazer isso há muito tempo.

Com alguns mudanças de atitude, até mesmo no nosso trabalho que parece mais ou menos pode se tornar algo muito bom.E ai vem outro ponto , se VALORIZAR.

Enfim, na vida nada vem fácil, e para nos sentir completos temos que buscar  isso, com vontade e determinação, sendo a mudança que queremos ver.

Até Quinta!^^

8 comentários:

  1. É verdade amiga é a tal da lei da sobrevivencia né... fazer o que.. mas temos que continuar acreditando nos nossos sonhos! beijoss

    ResponderExcluir
  2. Oi, July.

    Ainda não assisti ao filme, mas fiquei com mais vontade agora. Eu faço o que gosto, mas ainda não estou realizada, assim como você. Eu escrevo, e ser escritor no Brasil é muito complicado, ainda mais quando a gente não tem dinheiro para dar o pontapé inicial. Então o jeito é fazer o que não gosta por um tempo até poder fazer só o que ama mesmo.

    Realmente precisamos de coragem para tomar algumas atitudes. Decisões, decisões, decisões...

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  3. Nahim...adoro o seu blog porque sempre trás posts super reflexivos. Vejo realmente muitas pessoas por ai trabalhando para se sustentarem e não fazendo o que gostam realmente. Mas o importante é se valorizar e ser feliz...pior que acho que vou para o caminho de me sustentar e não fazer o que amo... :(
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Gostei bastante do seu post,principalmente da parte que você disse que algumas pessoas já fazem o que amam e não percebem.
    Eu gosto do que eu faço e continuo batalhando pelos meus outros sonhos.

    Uma Ótima Semana!

    Páginas Em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Flor! Obrigada pelo comentário. Chocolate e livro é tudo de bom mesmo,né? Bom começo de semana.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  6. Muito dificil fazer tudo o que gostamos
    Mas também não rola fazer tudo com odio
    O negocio e saber moderar, mas sempre correr atras da felicidade
    Sabendo que nem tudo são flores

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Vejo muitas pessoas falando por aí que não se pode escolher quando se necessita. Até certo ponto concordo, é uma questão de comida na mesa, mas também acho que jamais se pode perder a vontade de realizar ops sonhos e isso com certeza inclui fazer algo de que se gosta realmente. Determinação, coragem e perseverança são palavras-chave pra se chegar aonde quer!

    Beijos querida!

    Kika/Blog Acessarte

    ResponderExcluir
  8. Acho que todo mundo sonha em mudar, eu tb gostaria de continuar trabalhando no mesmo ramo, mas em um negócio meu!
    Um dia eu chego lá rs

    Bjus

    Taty

    ResponderExcluir

Olá!Espero que leiam antes de comentar.^^

Esse é um blog democratico,minha opinião esta explicita nos posts e não são para que concordem comigo.Esse espaço de comentário é para que coloquem sua opinião sincera.

Nunca rebato comentário,por mais que eu não concorde.(A não ser que falem da minha mãe ai o bicho pega.¬¬)

Fiquem a vontade!

Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.