Cyberbulling

"Enquanto o caos segue em frente com toda calma do Mundo.(Legião Urbana-Serenissima)"
 
Muito ruim ficar longe do blog por tanto tempo, mas o excesso de trabalho me fez deixar de lado,por excesso de preocupação me veio a falta de inspiração, mas essa semana vi uma matéria que me fez refletir sobre algo que já havia refletido antes.Essa matéria era sobre o cyberbulling.

Uma menina de 10 anos teve sua foto (uma foto comum de seu perfil) copiada e virou motivo de piada nas redes sociais, por ter excesso de pelo no rosto, em regiões comuns em muitas pessoas, era na sobrancelha e no buço.

O mais espantoso é como o anonimato da Internet, desperta o pior das pessoas.Como em nenhum momento elas pesam em quem estão tacando pedra.Já havia visto algo do tipo em uma pagina de “humor” onde uma menina , também aparentando uns 10 anos, fazia caras e bocas com um adjetivo em cada foto e abaixo tinha a legenda “Não vou nem zoar, vai que é doença.” Eu poderia não concordar com o gesto da menina, mas dizer “vai que é doença?” A primeira coisa que pensei foi, “é só uma criança”,nem fiz comentários pois a maioria dos que curtem a página diriam que não tenho senso de humor.Assim como já ouvi falar sobre o bulling normal.

Fico triste com o que o ser humano esta se tornando.Onde páginas de “humor” só conseguem ser divertida rechaçando outras pessoa.

Parece clichê, mas cadê o amor nessas pessoas, a caridade? As pessoas realmente consideram onda, ser assunto em cima das feridas alheias.

Só é engraçado enquanto a pessoa também esta achando graça.Pegaram essa foto sem autorização e estão magoando essa menina sem peso na consciência e provavelmente pensando que se ela não gosta, ela que é a errada, ela que não tem razão.

Espero que essa menina tenha uma família estruturada que passe todo amor que ela precisa nesse momento.

E desejo, de todo coração, que haja mais amor entre nós.

Até logo!