26 de jul de 2012

A gente não tem cara de babaca


“Até quando você vai levando, porrada,porrada, até quando vai ficar sem fazer nada.” (Gabriel o Pensador)

Já começaram a campanha eleitoral, ouvimos nas ruas uma seqüência de musicas eleitorais com ritmo de funk ou algum pagode ou sertanejo da moda. E ai já vemos que nossos queridos candidatos não estão vindo para ganhar por argumentos, mas conquistando as massas.

Minha cidade é o maior exemplo da máxima que político faz obra para o povo ver e ganhar voto, em cada cidade tem um colégio na beira da estrada e para ser útil foi fechado os colégios antigos.A prefeita que fez isso foi caçada por corrupção. 

Dizem que o povo tem o governo que merece, e concordo, eu mesma me revolto tanto, mas o que eu faço de fato? Vou nas urnas e voto no menos pior.

Até hoje fico admirada com a Argentina que diante de uma crise econômica em 2001 iniciou as manifestações populares conhecidas como panelaço, que terminarão com a renúncia do presidente De la Rúa.

O povo tem uma força que nem mesmo o povo conhece. A grande massa fica feliz com bolsa esmola, e alguns professores não se preocupam em levar informação para os futuros eleitores, se estão em uma vida sem perspectiva eles se mantém assim.

A mudança vai muito alem do que eu falei aqui.

Eu mesma quero mudar, quero sair nas ruas, quero gritar ,quero um dia realmente poder dizer que de fato eu ao menos tentei.

13 comentários:

  1. Justamente... se o Brasil está do jeito que está, é pq a sociedade se omite. Adorei seu texto. Beijos!
    http://meuspreciosospes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu post!
    Acho que temos que conhecer mais os nossos candidatos, pesquisar sobre cada um antes de votar, porque se basear em debate e horário político é triste né? É um criticando o outro, uma lavação de roupa suja sem tamanho que me dá raiva...
    Pensa se todos anulassem seus votos? Se no dia das eleições o povo fosse pras ruas exigir candidatos honestos e se recusando a votar sempre no "mais do mesmo"...
    Parabéns pelo texto!

    Beijos da Kika/Blog Acessarte

    ResponderExcluir
  3. AI...aqui tbm já começou a palhaçada política pelas ruas! Algumas pessoas ainda ficam babando ovo desses canalhas, eu finjo que nem vejo. Desde a segunda vez que votei na vida o meu voto é nulo! Muitas pessoas não sabem mas, se a maioria dos votos forem nulos...os candidatos tem que sair fora e serem substituídos por outros. Mas, como saber quem presta? Não sei...é difícil. Pelo menos se tivesse esse baque de votos nulos, os políticos iriam saber que o povo não é babaca. E como você falou...tem professores em sala nem ai para aluno. Quando quer as pessoas vão descobrir que a base da mudança está na educação?...Adoro suas postagens com trechos de músicas.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aff, eu me envergonho do Brasil por isso. Me diga: qual foi o país que colocou um palhaço idiota e analfabeto pra ser deputado federal?
    Só no Brasil existem essas baixarias.

    De uma coisa eu tenho certeza. O povo não é burro, é desinformado. Sendo desinformado, vira manipulação. E assim por diante ¬¬

    Fazer o quê... viva Brasil!

    Beijos!

    delicadissima.com

    ResponderExcluir
  5. Na minha cidade há 2 partidos... Um deles é quem "manda". Mas acho que esse ano a coisa será diferente e rezo por isso!

    ResponderExcluir
  6. oi querida,
    complicado isso, a minha cidade ainda nao foi invadida pelas campanhas. Ainda.
    O jeito atual é fazer manifestações na urna mesmo :S
    boa semana
    ;*

    dudsparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. As musiquinhas são muito irritiantes rss mas ainda assim são o menor dos problemas! Como escolher um candidato se nós não os conhecemos de verdade? Não sabemos o que eles falam quando não estão fingindo ser um humano superior. Não ouvimos o que eles dizem nas rodinhas de amigos deles, não ficamos juntos tomando cerveja e ouvindo as ideias deles. A gente vota numa figura pronta e cheia de planinhos bonitinhos, não numa pessoa normal. As promessas deles de fato não se cumprem. Algumas novidades começam a brotar aqui e ali por volta de 3 anos e meio após ele ter assumido e assim quando chega a eleição de novo ele pode dizer que construiu alguma coisa. Aqui em Mauá a gente nem tem horário político, somos obrigados a assistir os de São Paulo. Os prefeitos são eleitos aqui pela popularidade mesmo, nem sabemos nada sobre a plataforma deles e toda essa papagaiada porque no fundo não ajuda em nada saber dos planos deles, como eu disse ali antes. Eu também queria muito que tudo mudasse mas sinceramente, não vejo por onde.
    ;***

    ResponderExcluir
  8. Realmente esses periodos de politica são complicados.

    Gostei bastante do texto,parabéns!

    paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Lindona !
    As vezes bate uma revolta mesmo.Concordo com vc linda.
    Espero sua linda visita.
    Meu Blog: http://www.plantaodabeleza.com.br/
    Minha Lojinha: http://lojinha-blogchic.blogspot.com/
    BeijosssssssssssSimara

    ResponderExcluir
  10. Oi July!

    É tanta canalhice desses políticos que a gente perde a fé. Muita gente até quer tentar, mas não sabe por onde começar e o que resta é tentar escolher o menos pior, como vc mesma disse..Tentamos e tentamos,mas só tentar não tá adiantando..

    Obrigado pela visita!
    beijos :D

    ResponderExcluir
  11. Adorei e concordo com vc!

    Bjus

    Taty

    ResponderExcluir
  12. Ixi nem se fala. Aqui em Duque de Caxias fica esses carros passando. Falam que a cidade vai melhorar, prometem mil coisas mas quando eles estão no poder nao fazem nada para mudar.
    Esse ano o voto pra mim é facultativo e optei nao votar. Mas se fosse votar, votaria nulo, pois quase nenhum se salva.

    SUPER BEIJO
    http://semcontrole.net.tc

    ResponderExcluir

Olá!Espero que leiam antes de comentar.^^

Esse é um blog democratico,minha opinião esta explicita nos posts e não são para que concordem comigo.Esse espaço de comentário é para que coloquem sua opinião sincera.

Nunca rebato comentário,por mais que eu não concorde.(A não ser que falem da minha mãe ai o bicho pega.¬¬)

Fiquem a vontade!

Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.