31 de mai de 2012

Preguiça


Sabe aqueles dias que te bate uma preguiça? Que seu sobrenome passa a ser trabalho e seu nome não quero?

 Esse dia é hoje para mim. Mas, estava com muita saudade de postar algo aqui no blog.

Li em um blog que os obstáculos quem faz somos nós, então, cabe a nós acabar com eles.

Hoje meu obstáculo é a preguiça. E tenho que trabalhar e depois que chegar em casa fazer varias coisas,pois, meu maridão que me ajuda muito esta envolvido na construção de nossa casa. E sei que varios estão na mesma situação que eu, se não for pior.

Se ele fica até tarde trabalhando , também posso mandar embora a preguiça e fazer minha parte.

^^
No próximo post trarei fotos do nosso casamento.

25 de mai de 2012

Não machuque esse coração pois você pode estar dentro dele.


Quando somos magoados por alguém querido pensamos: “Como ele falou aquilo tudo para mim? Será que ele não percebeu que me magoou muito?” E assim passamos horas, dias ou até mesmo semanas remoendo aquilo, até que o assunto é resolvido.

Mas as vezes a gente não pára para pensar na magoa que causamos, até mesmo sem querer, em pessoas que gostamos. Quando percebemos é relativamente fácil, você tem que encontrar uma forma de reparar o seu erro.. E quando não percebemos?

A pessoa querida esta remoendo e tendo os mesmos pensamentos que você teria se fosse a vitima das palavras duras.

“Tu é responsável por aquilo que cativas.” É uma frase que gosto muito, para me policiar. Para cuidar do coração dos que amo, assim como cuido do meu próprio coração.

O rancor e o orgulho são sentimentos que não nos acrescenta nada alem de dor, então temos que cuidar para não magoar e estar com o coração aberto a um pedido de perdão sincero.

Esse texto não é para abrir um julgamento a quem não consegue perdoar, tem feridas profundas difíceis de cicatrizar. 

Perdoar não é esquecer é resolver. Talvez você lembre sempre daquele momento que tanto te magoou, mas não vai doer como doía antes.

^^

21 de mai de 2012

Big Day


Olá! Sumi mas foi por um bom motivo.

Esse fim de semana foi o meu grande dia, meu e do meu marido claro. Nosso casamento enfim aconteceu. Foi uma loucura, um corre-corre, vários imprevistos. Porem, no fim, foi tudo lindo e maravilhoso.

O casamento foi no sábado , dia 19/05, as palavras do Pe. Alan foram lindas, todos amaram a cerimônia , eu não parava de rir, por que estava muito nervosa.

E ontem, dia 20/05, comemoramos um ano de casados no civil. Não podemos curtir direito por que ainda estávamos na correria da arrumação do dia anterior, mas foi bom.

Posso dizer que me sinto completa e muito feliz. Usando as palavras do Pe. Alan. “Entre tantos escolhemos um ao outro descartando todos os outros, iremos nos decepcionar um com o outro, mas escolhemos por quem vale a pena sofrer.” Como não caso pensando no divórcio sei que sera para sempre.

Fico por aqui e em breve vou colocar algumas fotos do Big Day.

^^

14 de mai de 2012

Feliz dia das mães!!!


“A jovem Annie Jarvis entrou em uma profunda depressão depois de perder sua mãe, em 9 de maio de 1905. As amigas, tristes e preocupadas, resolveram fazer uma festa um ano após a fatalidade, em memória da senhora Jarvis. Annie gostou tanto da ideia que pediu aos familiares que repetisse a comemoração todos os anos. Em pouco tempo, o costume se alastrou pelos Estados Unidos e, nove anos depois, o presidente Woodrow Wilson instituiu que o segundo domingo de maio passaria a ser reservado para homenagear as mamães. Foi assim que surgiu o Dia das Mães!”

A homenagem é um pouco atrasada, porem sincera.

Quero desejar parabéns a todas as mães , homenagens as mães não devem ser feitas apenas no segundo domingo de maio, mas sim todos os dias e sempre que possível.

Conforme o tempo passa não me preocupo com as rugas que irei ganhar ou minha partida, mas sim com o fato de um dia não ter mais minha mãe ao meu lado, dói de verdade quando penso nisso, entretanto é bom sentir essa dor precipitada, pois assim a valorizo enquanto a tenho.

Minha mãe é a pessoa que mais admiro, quero ser uma mãe parecida com ela. Ela também é a pessoa que mais tem paciência comigo, pois mesmo vendo meus defeitos os tolera e me ajuda a me vigiar,pois como não reclama imagino que seja a que mais sofra, então tento me policiar.

Minha mãe é uma mulher simples e que na sua simplicidade me ajuda sempre, uma mulher solicita, sempre esta ali para me ajudar, não por que é sua obrigação, mas sim por que é de sua natureza.

Um parabéns especial a minha mãe,que mesmo não comentando ,as vezes visita meu blog.

^^

9 de mai de 2012

Bullying: As marcas ficam.


Estava lendo uma matéria que informava que Bullying poderia virar crime e o que me mandou direto para alguns anos atrás em que meu irmão mais novo, que tinha uns 14 anos na época, sofreu com isso por ser rockeiro e estar em um colégio onde predominavam os funkeiros.(De certo daí vem o meu preconceito com funkeiros.) 

Minha família só descobriu , pois em um dia a maior parte da turma  , salvando umas 4 pessoas, escarneceram dele ao mesmo tempo e uma amiga minha que estudava com ele me ligou contando. Pressionamos ele, que não queria contar de imediato , e acabou confessando.

Ficamos muito revoltados, mas o pior veio depois quando fomos reclamar com a diretora do colégio e ela insinuou que a culpa era dele por ser fechado demais. Meu Deus!Ele não se identificava com aquele povo, como iria se abrir? E assim que se resolve tal ato?

 Corremos atrás e trocamos ele de colégio , onde ele se desenvolveu bem , foi se soltando, hoje é mega tímido, mas é normal, mas as marcas ficam, vejo nas redes sociais ele desabafando e falando de sua dor e dói em mim também .Fiquei próxima demais dele nessa época, sei como sofreu, ver a omissão de  uma representante doeu mais ainda.

Não acho exagerado o bullying virar crime, porem  não deve ter apenas isso, deve ter conscientização nos colégios , os diretores e professores pararem de se omitir, pois ainda acontece. O principio é a educação.

Se aprendemos a respeitar as diferenças de orientação sexual, raça , credo ,por que não respeitar as diferenças de personalidade?

Meu irmão é um amor e quase o perdi no inicio desse ano, por causa de uma apendicite  , já passou , entretanto até hoje choro quando ouço Love in the afternoon do Legião Urbana.Amo demais ele e minha família.

Vamos lutar para que isso acabe, essas crianças tem que parar de sofrer por causa de idiotas que não tiveram educação dentro de casa.
Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.