1 de mar de 2012

Careta: sim ou não?


As vezes observando algumas situações me pergunto:”Será que estou sendo careta?”

Vejo, por exemplo, mulheres que agem sem pudor, ficam com um e com outro e sai sempre alguém em defesa dizendo que é a liberdade da mulher e quem não concorda esta sendo machista.Entretanto, para a mulher basta querer, um homem nunca vai rejeitar uma mulher que se oferece. Então , ela esta sendo fácil sim ou não?

Vejo meninas aparentando menos de 13 anos tomando anticoncepcional,levadas pelas mães ao posto de saúde , ao menos estão evitando a gravidez, mas as DSTs, estão?

Vejo crianças xingando palavrões que eu , nos meus 25 anos de idade, tenho vergonha de repetir .

Quando eu era criança só queria saber de brincar, subir em arvore, correr, pular. Na adolescência tive minhas paixonites, mas era uma coisa mais pura, havia aquelas meninas mais saidinhas, porém , era raro. Uma adolescente grávida, era escândalo e como já disse, só tenho 25 anos.

Será que é normal tudo isso? Será que tenho que ver que isso é uma mudança natural dos tempos ou será que posso continuar achando que o Mundo esta perdendo um pouco o freio?

7 comentários:

  1. Pois é... Eu sou uma menina, digamos... muito feminista. E acho que nós mulheres devemos ser independentes, autoritárias em relação aos homens e namorar muito assim como eles.

    Mas como tudo tem seu porém, acho que namorar demais, querer ser uma coisa que ainda não é (como as crianças de 12 anos que querem se comportar como uma garota de 18) é prejudicial a elas mesmas.

    Eu te confesso uma coisa. Não gosto de muitas coisas que se referem a minha idade, me sinto muito careta as vezes... Gosto de Disney Channel, Cartoon Network, assistir High School Musical... vivo assim e sou feliz!

    O ideal é não perder a criança que há dentro de você e manter a sua idade real ao mesmo tempo.
    RSsrsrs!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Nossa...falou tudo!O mundo está de cabeça para baixo...não sei nem o que falar! Acho que é dai para pior..infelizmente! :(
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu sou careta pra várias coisas e não importo nem um pouco...
    Relaxa!!! bjo

    ResponderExcluir
  4. Perdeu o Freio já faz tempo.

    E pior que não vejo uma maneira das coisas melhorarem.

    Qdo chegar a minha vez de ser Pai, vou tentar ao máximo educar meus filhos, mas sei que o meio externo é muito forte.

    Mas mesmo assim vou tentar...

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. É....hoje em dia está complicado lidar com isso!
    mas, realmente as mulheres estão bem mais, digamos, adiantadas,mas ao mesmo tempo mais determinadas!
    Sabem o que querem e vão a luta sem se importar com as consequências.
    Mas se for feito com moderação, acho que tudo é válido!
    Beijãoo

    ResponderExcluir
  6. Também sou careta, então. Ontem mesmo vi uma garota de uns 11 ou 12 anos, a noite, com uma blusa que estava sendo usada como vestido! Mostrava tudo! E a garota estava se achando sensacional!

    Fiz 21 ontem e fico sonhando com os personagens dos livros que leio... Será que eu que ainda não cresci?

    Só sei que pretendo continuar assim. Não quero ser conhecida pelas roupas curtas ou por ficar com X garotos...

    Beijos,
    http://meumundoecolorido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. As coisas mudaram muito rapidamente, não precisou eu chegar aos quarenta anos pra ver muitas diferenças no comportamento de quem é adolescente hoje em comparação aos adolescentes de seis anos atrás. Eu tenho 22 e na época que eu tinha 15, 16, era assim como vc disse, não teve nenhuma menina grávida lá na escola mas se tivesse, seria O Assunto do século. Uma vez fizeram o maior escândalo porque uma daquelas inspetoras de alunos, a famosa "tia" encontrou um casal dando uns amassos no banheiro feminino. Convocaram uma reunião, chamaram todos os pais de alunos da mesma sala que eles, só faltaram expulsar os dois! Acho que atualmente isso deve acontecer numa base diária nas escolas oshusishiushui e quem liga? Ninguém ta nem aí!
    Também me sinto uma careta às vezes .-. não chego tarde em casa, não bebo, não beijo todo mundo. Me pergunto se ser assim é bom ou se estou deixando de viver... mas depois eu volto atrás, não estou deixando de viver coisa nenhuma, só porque todos resolveram seguir seus impulsos livremente pensando apenas no momento presente não quer dizer que escolher diferente é errado. ;*

    ResponderExcluir

Olá!Espero que leiam antes de comentar.^^

Esse é um blog democratico,minha opinião esta explicita nos posts e não são para que concordem comigo.Esse espaço de comentário é para que coloquem sua opinião sincera.

Nunca rebato comentário,por mais que eu não concorde.(A não ser que falem da minha mãe ai o bicho pega.¬¬)

Fiquem a vontade!

Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.