Boadrasta de primeira viagem.

Neste fim de semana descobri os sintomas de mãe de primeira viagem.

O meu enteado tem 9 anos e  passa os fins de semana conosco, pois infelizmente não temos condições de lutar pela guarda dele.

No sábado ele estava tomando café e reclamou de dor de cabeça, estava sozinha com ele, meu marido tinha saído para resolver uns problemas, dei uma dipirona e deixei ele quieto, passado um tempo ele falou que a dor de cabeça havia aumentado, pronto, foi o suficiente para eu entrar em desespero e querer chamar o Batman.

Quis levá-lo ao médico , mas imaginando que não iria mudar do que estava fazendo,o deitei , dei massagem na cabeça dele e esperei, a dor passou.

Mas, depois, achei graça, bateu um desespero, um não saber o que fazer.

Será que todas as mães são assim?

Foi interessante. Nunca quis roubar o lugar de mãe dele, pois apesar de ele não se dar bem com ela, eu acredito que o tempo pode mudar as coisas e não quero roubar esta oportunidade de ele se dar bem com ela um dia.

Porem vi que gosto dele realmente como um filho.Sou dura, sou carinhosa, sou preocupada ao extremo. Sou uma mãedrasta. Lembro que no inicio do namoro com o pai dele minha maior preocupação era se o Yuri gostaria de mim, pois ele teria todo o direito de não gostar e se fosse dificil a convivência eu teria que sair, afinal filho é filho e é para sempre.

Espero que  o tempo só faça aumentar os laços que temos.

 ^ ^