19 de ago de 2016

O valor do salário

Esses dias me peguei avaliando o valor do meu salário.

Hoje eu estou em um emprego aonde ao mesmo tempo que ganho menos que o meu emprego anterior eu também ganho mais. Vou explicar.

Se eu for me prender apenas a valores, eu estou ganhando menos. Porém, o ambiente tranquilo, o fato de eu conseguir chegar cedo em casa e com isso ficar mais tempo com minha família,o tratamento humanizado, com isso eu posso calcular que estou ganhando mais, bem mais. Digo isso pois , se hoje eu recebesse uma proposta para outro emprego, o valor para compensar o que tenho hoje teria que ser duas vezes mais do que ganho hoje e mesmo assim eu estaria saindo perdendo, pois não estaria feliz por completo.

Já fui mais abiciosa ,ja limitei as recompensas a benificios financeiro, mas hoje valorizo muito o que não é palpavel,porem muito mais precioso. O tempo.

Há meu amigo, você pode recuperar dinheiro, mas não consegue recuperar o tempo perdido, quem tem tempo é rico.

Lógico, que sou uma privilegiada, consegui organizar minhas despesas para me dar o luxo de ganhar menos e ficar no emprego que queria,sei que muitos não tem essa opção, mas espero que consigam e que quando conseguirem saibam a pedra preciosa que tem nas mãos.

O tempo com quem amamos, o tempo para nós, o tempo para viver.

Até logo ^^




16 de jul de 2016

Keep Calm

      Tenho que rever meu conceito de "Até logo". Três meses não me parece "logo". :)
Mas estou voltando a principio com um texto para tirar a ferrugem,depois de tanto tempo sem escrever e até mesmo sem estar muito conectada, com exceção do Facebook e raramente no Instagram.

Então...

Até logo! ^^ (Agora é serio)



11 de abr de 2016

Resenha: A vida é sua- Eduardo Moreira

Sinopse

A vida que vivemos é nossa e de mais ninguém, e transformá-la numa história feliz está ao alcance de todos. Essa é a ideia poderosa trabalhada neste livro por Eduardo Moreira, escritor, empresário e palestrante requisitadíssimo. Em 52 capítulos breves e acessíveis, ele mostra que o caminho mais certo para a infelicidade é abrir mão de si mesmo e de seus sonhos, e discorre sobre temas tão diversos como ansiedade, busca do prazer, sucesso, fracasso e riqueza. Com a clareza e a simplicidade que arrebatam grandes plateias nas palestras que faz por todo o Brasil, em A vida é sua, Eduardo Moreira ensina o poder cumulativo de AGIR e inspira as pessoas a construírem um caminho de verdadeira realização pessoal.

   Semana passada chegou em minha casa o livro " A vida é sua!" enviado pela Editora Alaude.

   Devido a experiência que tive ao ler "O encantador da montanha" do mesmo autor,interrompi minha leitura atual para iniciar essa.Pois imaginava que seria uma leitura agradavel e não me decepcionei.

   "A vida é sua!" não é um livro de auto-ajuda,mas um livro que abre nossa mente e nos mostra que a resposta para nossas maiores dúvidas e angustias estão dentro de nós.E nós acabamos sendo os maiores sabotadores de nossa felicidade.

   Com textos rápidos o autor não nos traz respostas,mas sim reflexões.

   Não digo que concordei com tudo o que li,porem,até isso foi interessante,ler uma opinião contrária e aceitar,afinal não somos iguais,nem sempre vamos concordar,mas o respeito a opinião alheia é fundamental.

   O autor mostra com as próprias experiências que ser feliz só depende de nós.Clichê? Pois é,mas então por qual motivo ainda colocamos tantos empecilhos para ela?

   Recomendo para quem gosta desse tipo de leitura.Aposto que não se decepcionarão.

Até logo! ^^

9 de mar de 2016

Resenha : A luz através da janela

Olá! A Internet voltou e  eu voltei também! :)

 Sinopse :
 A Segunda Guerra Mundial deixou muitos destroços e segredos familiares principalmente na família de Emilie, os De La Martinières.

Quando sua mãe faleceu, deixando o legado do château da família para ela, a única herdeira, Emilie fica devastada e quer vender tudo para que possa voltar à sua rotina comum de veterinária. Entretanto, Sebastian Carruthers aparece em sua vida para ajudá-la a cuidar de toda a documentação e a consola nos momentos mais difíceis.

Emilie se apaixona pela sua gentileza e decide se casar com ele. Assim, ela se muda para a casa do marido, Blackmoor Hall, em Yorkshire. Contudo, a vida que ela, ingenuamente, pensa estar começando bem, trará a ela muitas surpresas e revelações do presente e do passado de toda uma geração. 



Esse é um livro que ficara na minha memória afetiva para sempre, foi o primeiro livro que consegui ler depois que minha filha nasceu, ela estava com 2 meses e eu toda feliz por que tinha acabado de ler um livro que tinha começado quando estava grávida,mas não consegui terminar ,pois só tinha tempo no ônibus e só tinha sono no ônibus, retornei e leitura após um mês da Malu e consegui terminar, sempre lia com ela no colo enquanto ela dormia.

A principio achei que não gostaria da história, parecia parado,mas conforme fui me adiantando na leitura fui me apegando , de parado passei a achar uma leitura leve, retrata a Segunda Guerra,mas de uma forma menos pesada,talvez por não citar muito os campos de concentração (que é a parte da história da Segunda Guerra que me deixa mais tensa.)

Emilie, uma menina que apesar de buscar sua independência se mostra carente,após o falecimento de sua mãe, com quem não tinha um bom relacionamento, se vê sozinha para tomar conta de tudo do que fugiu, os bens de sua família.

No meio desse turbilhão ela conhece Sebastian Carruthers que tem uma estranha ligação com a familia de Emilie e a partir dai ela começa seguir uma linha que a faz conhecer melhor o passado de sua familia e a entender melhor o seu presente.

Essa foi uma resenha difícil de fazer,pois achei tão interessante que tenho medo de empolgar no texto e contar tudo.


                                                    foto que postei no Facebook assim que consegui terminar o livro. :)

Até logo! ^^



4 de fev de 2016

Camila,camila

Olá!

"E eu que tenho medo até do seu olhar
Mas o ódio cega e você não percebe
Mas o ódio cega"

Conheci uma história triste,uma história triste que esta se tornando a cada dia mais comum.Vazou o video intimo da Camila e seu namorado,ou melhor, ex namorado. Após o termino o video vazou, ele nega que foi ele,estranha coecidencia.

A mãe de Camila entrou em depressão, o pai de Camila não quer falar com ela, Camila teve que mudar de cidade ,pois é comparada a uma garota de programa.

Camila,Camila...

Ninguem percegue o namorado dela, qual o nome dele?Ninguem o compara com nada, ninguem nem sequer repudia o fato de supostamente ter vazado algo de sua intimidade .

Camila,Camila...

Tudo caiu sobre Camila, a culpa foi dela, pois confiou, afinal , confiar no namorado é algo errado? A falha é dela por confiar, a falha não é dele por ter quebrado essa confiança.

Não sou feminista, mas, que Mundo machista, onde o homem pode e a mulher não.Podemos melhorar nosso Mundo criando melhor nossos filhos, fazendo os meninos respeitarem mais e as meninas exigirem esse respeito.

Vamos acabar com a máxima :"Prendam suas cabritas que meu bode esta solto."

Mulheres e homens terem direitos iguais, ficar com a quantidade de pessoas que quiserem sem serem julgados diferentemente, poderem prover a casa independente de quem ganha mais e um não se achar melhor que o outro por isso ou achar que o ato de prover é obrigação de uma das partes, participar da vida dos filhos sem o fardo ficar pesado para um dos lados.

Igualdade.

Camila, Camila...

Que não haja mais Camilas, que essa Camila consiga superar totalmente, consiga confiar de novo. O erro não foi sua confiança, o erro é terem traído essa confiança.

Até logo!

Lingua Feminina © 2014. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Thami Sgalbiero.
Tecnologia do Blogger.